PIZZA ESPECIAL DE LIVROS - CULTURAÇÃO

No dia 10 de julho comemora-se 0 Dia da Pizza e como o Projeto Culturação é baseado nessas datas comemorativas vou fazer hoje a TAG Livro em fatias. Esta deliciosa TAG vai nos fazer saborear cada fatia de pizza, atribuindo um livro para cada uma delas, de acordo com o seu grau de gostosura.



1º pedaço: O mais gostoso de todos eles, aquele que você come primeiro com os olhos – Um livro que você comprou pela capa.






"A menina que roubava livros" de Markus Zusak foi um desses livros. Um dia estava olhando as prateleiras em busca de um livro para ler e me deparei com essa capa intrigante e quando li aquela frase "quando a morte conta uma história, vocÊ deve parar para ouvir". Então eu parei e li o livro. haha. Se você ainda não leu, eu recomendo.


2º pedaço: Você está só começando e o segundo pedaço sempre deixa um gostinho de quero mais – Um livro que você leu e não vê a hora de lançarem a continuação.





Ah, nesse caso não seria exatamente a continuação, mas eu li a triologia Wake  há alguns anos (Wake, Gone e Fade; que numa tradução literal seria Despertar, Desaparecer e Desvanecer) e houve rumores de que iria virar filme e fiquei muito ansiosa para ver a adaptação porque a história é muito legal. Mas até agora não se falou mais no assunto, acredito que foi só um boato, mas seria muito legal ver uma adaptação nas telonas.


3º pedaço: Aquele que te faz querer outros sabores – Um livro que de tão bom, te faz querer ler todos os outros do mesmo autor.





"O Casamento" de Nicolas Sparks, confesso que quando o autor começou a fazer o maior sucesso achei que era um dessas modinhas e como não curto modinhas (eu gosto de ser diferente) nem olhei para os livros do autor, mas um dia me deparei com "O Casamento" e fiquei fascinada - entendi o porqê da modinha, haha. Eu ainda não consegui ler todos os livros dele, mas todos os que li tiveram seu encanto.

4º pedaço: Quando você pensa que não vai conseguir comer, ele apenas abre mais o apetite – O livro que você não gostou no começo, mas que depois a leitura ficou irresistível.



Definitivamente "Dom Casmurro" de Machado de Assis. Outro dia li em um blog que Machado é o autor mais difícil de se gostar, e é verdade. As narrativas do autor são tão complexas que às vezes dá nó no cérebro. Mas depois de ler alguns capítulos - forçada por causa de um trabalho de escola - acabei me envolvendo na história e tive que ir até o final, mesmo com a dificuldade do vocabulário, que na época eu achei muito difícil. E tenho que confessar aqui que na época que li não entendi a proposta do autor, mas hoje ela me fascina. Espero um dia escrever como Machado, seria um sonho virando realidade.

5º pedaço: Não tem o mesmo sabor que os outros pedaços, mas ainda assim você come – Um livro sequência, mas que não foi tão bom quanto os outros.

Esta fatia simplesmente não existe em minha pizza. Não cheguei a ler tantos livros que fossem triologias ou sagas, mas todas que li considero que foram boas.

6º pedaço: Você já não está mais sentindo o gosto dele – Um livro que a leitura está arrastada, por mais que se esforce não consegue digerir.


Saga Pretty Little Liars.... Adoro a série, que é um suspense adolescente - se bem que nessa ultima temporada tá ficando mais sério o negócio lá - e é bem envolvente por causa das várias teorias de conspiração que existem em torno da grande questão da série QUEM É "A"???. Daí, como geralmente o livro é melhor que o filme (ou nesse caso, série) fui atrás dos livros e consegui quase todos ( tenho quatorze, mas não sei mais quantos são). Acontece que não consegui ler nem  primeiro livro, achei muito massante e cansativo, cheio de detalhes que eu acho desnecessários. Aliás, a quantidade de detalhes que o livro possui tira todo o suspense da história. Enfim, se você quiser se aventurar nessa saga deixa seu comentário aqui que lhe envio os e-books que tenho, mas sinceramente, não recomendo.

7º pedaço: Aquele que te deixou empanturrado – Aquele livro que você está lendo, mas a leitura não está fluindo, como se estivesse entalada na garganta.



"A Fé Explicada" de Leo J. Trese. Esse livro explica a fé cristã da Igreja Católica, comprei ele quando participava de um grupo de jovens aqui na minha cidade e tinha a intenção de fazer alguns serviços na igreja, mas acabou que não fui mais nesse grupo de jovens e fiquei com 2/3 do livro lido e parei por aí. É uma leitura didática, boa para quem trabalha na igreja, principalmente porque ele esclarece muitos assuntos que às vezes a gente tem dúvida. É um livro utilizado em curso de Teologia, então você não precisa ser cristão para ler; pois, a proposta dele é ser mais explicativo mesmo do que evangelizador. Eu entalei com esse, mas tá lá, uma hora eu engulo.

8º pedaço: Você não aguenta mais nem olhar para ele – Um livro que você detestou e que por este motivo ele encontra-se abandonado em sua estante, aguardando uma nova chance.




"Uma razão para viver" de Richard Simonetti. Esse livro eu ganhei de um professor na época da faculdade e nunca li nem um capitulo inteiro. É um livro voltado para o espiritismo ou algo do tipo e esses assuntos não me interessam muito. Então ele fica lá na estante fazendo volume.







Jake dos Santos

Instagram