TREM BALA


Na corrida incessante
Na busca do conhecimento
Na eterna disputa pelo primeiro lugar

Contra o tempo
Contra o vento
E a tempestade que chega mais forte

Sem descanso
Sem nutrição
Sem nem sentir o gosto do que se come

Qual a razão?
Qual o motivo que me leva a correr?
Se o que eu queria realmente era andar devagar

Andando devagar
Conhecendo aos poucos
Contando um passo de cada vez

Na companhia
De uma brisa
E o carinho da chuva que vem do céu

E comento o fruto
Da conquista
Degustando cada segundo

Jake dos Santos

Instagram